Pular para o conteúdo
Início » Notícias » “Deputado do PSD expõe os ‘comunistas do PL’: lista dos 20 membros que votaram a favor”

“Deputado do PSD expõe os ‘comunistas do PL’: lista dos 20 membros que votaram a favor”

“Deputado do PSD expõe dissidentes do PL: lista dos 20 membros que votaram a favor da reforma tributária contra a orientação do partido e de Jair Bolsonaro”

Durante a discussão do segundo turno de votação da reforma tributária, o deputado Luciano Alves (PSD-PR) surpreendeu o plenário ao ler os nomes dos 20 parlamentares do PL que apoiaram a proposta no primeiro turno. Essa ação incomum gerou alvoroço entre os deputados. Alves parabenizou os 20 membros do PL por terem votado a favor da reforma, mesmo indo contra a orientação partidária e ignorando a pressão de Jair Bolsonaro. Durante uma reunião do partido pela manhã, o ex-presidente interrompeu o governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), e declarou que “se o PL estiver unido, não aprova nada”.

Fonte: UOL


“Aplausos no plenário: deputado do PSD lista os 20 parlamentares do PL que votaram a favor da reforma tributária”

Durante a extensa discussão da proposta da reforma tributária, que teve início às 19h30 e se estendeu até por volta das 2h, o deputado Luciano Alves (PSD-PR) recebeu aplausos ao listar os deputados do PL que votaram a favor da medida. Apesar do avanço da hora, o movimento inesperado animou os parlamentares presentes. Os 20 deputados do PL que apoiaram a reforma são: Antonio Carlos Rodrigues (SP), Detinha (MA), Giacobo (PR), Icaro de Valmir (SE), João Carlos Bacelar (BA), João Maia (RN), Josimar Maranhãozinho (MA), Junior Lourenço (MA), Júnior Mano (CE), Luciano Vieira (RJ), Luiz Carlos Motta (SP), Matheus Noronha (CE), Robinson Faria (RN), Rosângela Reis (MG), Samuel Viana (MG), Tiririca (SP), Vermelho (PR), Vinicius Gurgel (AP), Wellington Roberto (PB) e Zé Vitor (MG).

Fonte: Infomoney

“Deputado do PSD reconhece voto em Bolsonaro e elogia parlamentares do PL pela postura na reforma tributária”

O deputado Luciano Alves, do PSD-PR, declarou ao UOL que reconhece ter votado em Bolsonaro, mas ressaltou que o Congresso não pertence exclusivamente ao presidente ou a qualquer outro político, mas sim ao povo. Ele destacou que é dedicado ao povo sofrido e aos empresários que enfrentam dificuldades para pagar impostos.

Alves, que está em seu primeiro mandato, parabenizou os parlamentares do PL pela postura adotada na votação da reforma tributária. Ele enfatizou a importância de deixar de lado a ideologia de ser contra tudo que o outro lado propõe. O deputado expressou seus parabéns aos 20 membros do PL que votaram a favor da reforma tributária.

Marcações: