Pular para o conteúdo
Início » Notícias » Em 2023, o setor de turismo poderá gerar uma movimentação econômica mundial de US$ 9,5 trilhões, revela pesquisa da WTTC

Em 2023, o setor de turismo poderá gerar uma movimentação econômica mundial de US$ 9,5 trilhões, revela pesquisa da WTTC

De acordo com a Pesquisa de Impacto Econômico (EIR) de 2023, divulgada pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC), é previsto que a atividade turística mundial se recupere e atinja os níveis pré-pandêmicos neste ano. O setor espera movimentar cerca de US$ 9,5 trilhões nas economias dos países, representando 9,2% do PIB global. Além disso, estima-se que serão criados 24 milhões de empregos em todo o mundo.

Os resultados da pesquisa mostram que a movimentação financeira do setor está apenas 5% abaixo dos níveis registrados em 2019, quando as viagens estavam em seu auge. Entre os 185 países analisados, 34 já recuperaram totalmente os níveis pré-pandêmicos em termos de contribuição para o PIB. Até o final de 2023, quase metade dos países terá alcançado plenamente os níveis de antes da pandemia ou estará próxima disso, com uma recuperação de 95% ou mais.

Fonet: WTTC

Outro destaque do estudo é o crescimento dos gastos de visitantes estrangeiros, que atingiram um recorde de 82%, totalizando US$ 1,1 trilhões em 2022. Isso indica que as viagens internacionais estão retomando seu vigor de maneira sólida.

“A demanda por viagens no mundo está alta e temos todas as condições para tornar o Brasil cada vez mais atraente para esses turistas, com nossas belezas naturais e diversidade cultural, histórica e gastronômica. Continuamos estruturando nossos destinos e investindo na qualificação dos nossos profissionais para receber bem turistas de todas as partes do mundo”, comemorou a ministra do Turismo, Daniela Carneiro.

No ano passado, o setor de turismo registrou um crescimento de 22% em comparação a 2021, contribuindo com US$ 7,7 trilhões para o PIB dos países. Essa recuperação representou 7,6% da economia global em 2022, a maior contribuição desde 2019, embora o PIB global ainda estivesse 22,9% abaixo do pico de 2019.

Além disso, o estudo da WTTC também aponta uma recuperação na geração de empregos pelo setor. Em 2022, foram criados 21,6 milhões de novos empregos, totalizando mais de 295 milhões de empregos no setor, o que representa cerca de uma em cada onze vagas de emprego criadas no mundo.

Fonte: Wiki

A pesquisa também destaca que o conflito em andamento na Ucrânia e as restrições contínuas de viagens impostas por vários países, incluindo a China, tiveram um impacto significativo na recuperação do setor. No entanto, a recente decisão do governo chinês de reabrir suas fronteiras a partir de janeiro promete impulsionar a indústria e levar à recuperação dos níveis pré-pandêmicos no próximo ano.

“Com a retomada das viagens dos turistas chineses, esperamos que a recuperação se acelere este ano. Estamos confiantes de que em 2024 o setor ultrapassará os números de 2019”, afirmou Julia Simpson, presidente e CEO do WTTC.

Olhando para a próxima década, o WTTC prevê que o setor de turismo aumentará sua contribuição para o PIB global, alcançando US$ 15,5 trilhões até 2033, representando 11,6% da economia mundial. Além disso, estima-se que o setor empregará 430 milhões de pessoas em todo o mundo, correspondendo a quase 12% da população ativa global, consolidando assim seu papel como um importante impulsionador econômico e gerador de empregos.